Segunda-Feira, 16 de Maio de 2022
Chapadão do Sul / MS

Carregando...

Costa Rica / MS

Carregando...

Cassilândia / MS

Carregando...

Chapadão do Céu / GO

Carregando...

Camapuã / MS

Carregando...

07.05.2022 às 13:36

Número de mortos pela dengue sobe para oito em Mato Grosso do Sul

Um caso é de Chapadão do Sul

Correio do Estado

Dados do boletim epidemiológico, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MS), apontam que oito pessoas morreram vítimas da dengue no ano de 2022 em Mato Grosso do Sul.

 

Os óbitos são dos municípios de Campo Grande (3), Aparecida do Taboado (1), Chapadão do Sul (1), Guia Lopes da Laguna (1), Itaporã (1) e Douradina (1).

 

Duas mortes ocorreram no mês de março e seis em abril. O primeiro óbito é de uma mulher de 50 anos que faleceu em 14 de março de 2022, residente de Campo Grande. A segunda morte é de um homem de 46 anos, que também morava em Campo Grande e faleceu em 16 de março.

A terceira vítima é um homem de Aparecida do Taboado, que tinha 50 anos e morreu em 3 de abril. O quarto óbito é de um idoso de 69 anos, residente de Itaporã, que faleceu em 4 de abril.

 

A quinta morte é de um homem de 82 anos que faleceu em 12 de abril, residente de Guia Lopes da Laguna. O sexto óbito é de uma mulher de 37 anos que morreu em 16 de abril e morava em Campo Grande.

 

A sétima vítima é um rapaz de 48 anos, de Chapadão do Sul, que morreu em 22 de abril. A oitava morte é de uma idosa de 75 anos que faleceu em 25 de abril no município de Douradina.

 

Dados ainda mostram que existem 9.002 casos prováveis de dengue até 5 de maio de 2022 em Mato Grosso do Sul. Desse número, 1.646 são de São Gabriel do Oeste, 895 de Campo Grande, 627 de Amambaí, 509 de Ribas do Rio Pardo, 500 de Três Lagoas, entre outros. Confira a lista completa de municípios aqui.

 

Portanto, os casos de dengue estão aumentando em Mato Grosso do Sul. Já em Campo Grande, a implantação dos mosquitos Wolbachia barrou a alta de casos na cidade.

COMENTÁRIOS

VOLTAR